Encontre sua Dose!

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Todos os caminhos levam a Deus?

Muitas pessoas costumam dizer, e muitas outras acreditam veementemente, que todos os caminhos levam a Deus, ou seja, que todas as religiões, crenças, ideologias, enfim, não importa por qual caminho você está seguindo, você irá no fim se encontrar com Deus.

Essas pessoas também acreditam que para se chegar ao céu basta ser uma boa pessoa aqui na terra. Muitos afirmam que nunca roubaram, nunca mataram, costumam sempre fazer caridades e, que sendo uma “boa pessoa”, alcançarão a vida eterna.

Porém meus amigos, a palavra de Deus é bem clara quanto a isso. Quer você goste ou não, só há um caminho que pode nos levar a Deus, à salvação, e esse caminho é JESUS.

“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” (João 14:6)

Não quero entrar em detalhes de outras religiões e crenças porque o assusto se estenderia muito. Talvez eu faça alguns estudos sobre esses temas mais a frente. Porém quero falar uma coisa a vocês. Muitas pessoas acreditam em Buda, mas ele morreu e está morto até hoje. Muitas pessoas acreditam em Alan Kardec, Chico Xavier, porém esses também estão mortos hoje. Maria foi uma grande mulher, escolhida por Deus, mas não é só isso que muitas pessoas falam a respeito dela. Poxa gente, quando você fica doente, você vai ao médico ou à mãe dele? Para pra pensar!

Queridos, tem uma religião aí, que tem mais santos do que dias do ano, por isso que foi criado o ‘dia de todos os santos’, para que se algum for esquecido durante o ano, será lembrado neste dia.

O assunto é mais sério do que muitos pensam ou compreendem e resumi-lo aqui em poucas palavras é bem difícil. Mas quero que entendam – Deus não divide a Sua Glória com ninguém.

“Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura.” (Isaías 42:8)

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!” (Jeremias 17:5)


Acho que com bom entendimento, colocando nosso discernimento a prova, podemos começar a enxergar algumas coisas, muitas vezes despercebidas.

Para finalizar queridos, só existiu um que morreu, mas que ao terceiro dia ressuscitou, Jesus Cristo. Todos morreram, SÓ JESUS VIVE. Somente a Ele deve ser dada glória, e a nenhuma outra pessoa, ou imagem de pessoa, ou imagem de qualquer outra criatura.

“Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.” (Jeremias 17:7)

Eu poderia citar dezenas de versículos e textos bíblicos para o seu melhor entendimento, mas como já disse, o assunto é longo e ficaria enorme. Por isso, desafio você a ler a Bíblia. Abra a Bíblia nesses versículos que coloquei e aproveite e leia o capítulo inteiro, certamente você será abençoado. Se você não possuí uma Bíblia, entre em contato conosco; eu faço questão e terei o prazer em lhe dar uma de presente.

Portanto, só existe um que pode nos dar a Salvação, Jesus! Ele é o único caminho.

Que esse Deus, que vive e reina para todo o sempre abra seus olhos espirituais, para que você possa enxergar as coisas que estão despercebidas.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Se liga que Deus está falando.

“Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra.” (Isaías 1:19)

Olá para todos. Este domingo eu levei um estudo para a consagração do meu ministério, na igreja, e o título era – “Porque pedimos e não recebemos?” – onde eu abordei esse texto de Isaías como base do estudo. Este texto também foi postado aqui no blog no dia 16 de agosto. Pois bem, hoje quero fazer uma nova abordagem em cima deste texto.

Podemos ver no texto que a frase é separada por duas vírgulas, logo, se há duas interrupções, há também três partes.

Na primeira parte lemos – “Se quiserdes”. Logicamente todos nós sempre queremos algo, estamos sempre pedindo a Deus alguma coisa. O “SE”, no início da frase, indica condição, ou seja, a primeira condição para você ser abençoado é querer ser abençoado.

Depois podemos ver uma vírgula. A vírgula serve para indicar uma pausa no entendimento, mas também mostra que há algo mais além dela para completar a idéia.

Então vejamos. Após a primeira vírgula temos a segunda parte e que é a parte principal desta mensagem – “e me ouvirdes”. O “E” no início dessa segunda parte indica adição, ou seja, é complemento da primeira. Como assim? Para ser abençoado não basta apenas querer, precisamos ouvir Aquele de quem virá a benção, ou seja, precisamos ouvir Deus.

Quero abrir um parêntese neste momento. Como podemos fazer para ouvir Deus? Cumprir a primeira parte é fácil, querer alguma coisa é mole, mas a segunda parte é bem difícil. Respondendo a pergunta: Para ouvir a Deus, você primeiro precisa crer que Deus fala. Depois você precisa estar pronto para ouvir, ou seja, abrir bem seus “ouvidos espirituais” – lendo a bíblia, orando, indo à igreja, fazendo jejum, louvando, adorando – é assim que se pode ouvir a Voz de Deus. Quando digo “voz”, não falo no sentido literal, porque Deus age na sua vida da forma que Ele quer, e pode falar com você de infinitas formas, mas se Ele falar e você ouvir, no sentido prático, Glória a Deus por isso.

Então para que se cumpram as promessas de Deus na sua vida, você precisa também ouvir a “Voz do Senhor”, e isso você só conseguirá buscando a presença de Deus, amém?

Fechando esse parêntese e passando pela segunda parte, nos deparamos com outra vírgula, que novamente indica que algo mais está por vir.

Chegamos então à terceira parte. Esta é a parte onde podemos ver a promessa de Deus. Depois de querer ser abençoado e ouvir a Voz do Senhor, chega a vez dEle agir. As duas primeiras partes é nosso dever cumprir, mas a terceira é com o Pai, a terceira parte é Ele quem realiza. E Deus promete à você o melhor desta terra.

O verbo “comer” está indicando uma ação, que é a promessa de Deus na tua vida.

Pense agora numa comida muito boa, aquela que você mais gosta. Pensou? Assim é o melhor que Deus tem para ter dar, Ele quer que você coma o melhor desta terra.

A terceira parte é finalizada com um ponto-final, ou seja, quando a promessa de Deus se cumpre na sua vida, não há mais nada que possa mudar isto.

Que Deus possa tocar seu coração com essa palavra. Que você possa querer sim, mas também estar disposto à ouvir a Voz do Senhor e, com toda certeza, você vai comer o melhor que Deus tem para a sua vida.

Deus te abençoe! Ele é fiel! Aleluia!

sábado, 26 de setembro de 2009

Jesus tirou onda, e Pedro também.

“Logo a seguir, compeliu Jesus os discípulos a embarcar e passar adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões. E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só. Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais! Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento. E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!” (Mateus 14:22-33).

Esse texto é bem conhecido, trata-se do momento em que Jesus vai ao encontro dos seus discípulos, andando por sobre o mar. Mas a reflexão que quero colocar hoje não é exatamente em cima da pessoa de Jesus, mas, nos seus discípulos.

Jesus havia ficado na terra orando. Seus discípulos estavam no barco, e o vento forte os levou para alto mar. O mar estava muito agitado, era uma tempestade que se aproximava. Naquele momento Jesus viu que eles precisavam de ajuda, e andando sobre as águas, foi ao encontro deles.

Fico imaginado Jesus andando sobre o mar agitado, cheio de ondas, ventos fortes. Jesus literalmente “tirou onda” ao fazer isto. Não há impossíveis para nosso Deus!

Os discípulos vendo-o ficaram assustados. Imagina você lá, tudo escuro, maior ventania, grandes ondas, o barco quase virando, e você vê alguém andando sobre as águas.

Porém Jesus se revelou a eles, e algo aconteceu. Pedro pediu para Jesus, para que ele também pudesse andar sobre o mar e caminhar até Jesus.

Os outros discípulos devem ter achado: - Pedro ficou louco, deve ter bebido alguma coisa.

Queridos, a reflexão que quero deixar é: Todos os dias muitas tempestades, ventos fortes, grandes ondas, tentam afundar o nosso barco, a nossa vida. Mas por cima desse mar preste a nos engoli, está Jesus. Ele sempre está por cima, e quando chega é para te abençoar.

Quando Jesus chegar para mudar sua vida, você é aquele que espera no barco, ou você tem a ousadia de ir até Jesus?

Claro que Pedro teve um pequeno vacilo, provavelmente teve medo, vendo todas as ondas e o vento forte, mas nesse momento Jesus o ajudou. Ele foi o único a ir até Jesus. Quando Jesus entrou no barco, o vento parou, todos foram salvos, mas só Pedro teve aquela experiência, só ele “tirou onda” na frente dos outros discípulos, ao lado de Jesus.

Que você possa experimentar novas e grandes experiências com Deus. Que você possa ver o agir sobrenatural de Deus, e seus milagres em sua vida.

Saia do barco e vá até Jesus. Deus te abençoe!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Pedro (Parte 2)

Bom dia, galera.

Vamos logo ao que interessa.
Texto: 1 Pedro 2. 4-10

Neste texto, Deus diz para nos achegarmos a Jesus. Há uma metáfora em relação a ele. Jesus é como uma pedra, rejeitada pelos homens, mas é uma pedra preciosa para Deus. Jesus, que foi rejeitado pelos homens, era o escolhido para ser a pedra angular (fundamental) de TODO o plano de Deus para a humanidade. Davi, rejeitado pelos seus irmãos, foi o escolhido para ser rei de Israel (1 Samuel 16. 10-12). José, também rejeitado pelos irmãos, foi governador do Egito (Gênesis 37.4; 41. 40-44). No versículo 5 de Pedro diz que nós também podemos ser pedras angulares, mesmo que sejamos rejeitados pelos homens. Deus também nos coloca em posições de importância e exalta nosso nome quando nos achegamos a Jesus.

Nos versículos 6 e 7, Deus diz que coloca Jesus num lugar de destaque, ao alcance do olhar de todos, onde podemos ter acesso, vindo de onde viermos (esse é o sentido da "esquina" nessa passagem). Nós conseguimos reconhecer a preciosidade de Jesus, e de cada cristão, pois os reconhecemos (não os confundimos) como Filhos de Deus. Estes são os rejeitados pelos homens, mas são os eleitos por Deus para ocuparem lugares de destaque, como Jesus.

No vsc. 8, Deus compara os que vivem num meio termo (nem cristão, nem do mundo secular) a pedras mal encaixadas, que fazem as pessoas tropeçarem. São aquelas pessoas que estão nem dentro, nem fora. Mas nós, que cremos em Jesus, somos um povo escolhido para anunciarmos Jesus às pessoas. Quem crê em Jesus tem privilégios que nos diferenciam dos demais. Nós, que nascemos no pecado, que nascemos não sendo povo eleito de Deus, sem estarmos sob a misericórdia de Deus, um dia fomos resgatados, através da fé em Jesus, para que mais pessoas fossem atraídas para junto de Jesus.

Queridos, esse capítulo de Pedro é maravilhoso. Quando cremos em Jesus e experimentamos Sua bondade, passamos a ter privilégios da parte de Deus.
Quando nos achegamos a Jesus, somos postos em locais de destaque, e é para aparecermos mesmo, para nos expôr, pois fomos chamados para anunciar a Palavra de Deus. Mesmo que os homens nos rejeitem, Deus exalta nosso nome para que anunciemos Sua Palavra e estabeleçamos o reino d'Ele na Terra.
Também entendemos que, se não assumirmos uma postura firme em nossa fé (sermos ou de Jesus, ou do mundo secular), viramos pedra de tropeço, nos tornamos nada, uma coisa indefinida, que não se encaixa em lugar algum e só atrapalha.
Aprendemos também que quando aceitamos a Jesus, somos levados a um outro patamar. Nos tornamos Filhos de Deus e passamos a viver sob Sua misericórdia e seu amor. Antes disso, não éramos povo de Deus. Não éramos pedras angulares, fundamentais.

Jesus está aí (e aqui no blog). Jesus está ao seu alcance. Está bem na esquina. Não importa de que rua você venha (da igreja ou do mundo secular). Encontre seu lugar no mundo. Seu lugar é o mais alto e mais importante. Assuma isso. Seja parte do povo de Deus.

Um forte abraço.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

TESTEMUNHO DE UM CHINÊS

"Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida." (João 8:12).

Nasci em junho de 1914 no sul da China. Aos 17 anos, refleti muito sobre as questões existenciais. Como não encontrava razão para viver, sofria muitíssimo, se bem que tinha pais que me amavam de verdade. Além disso, via como alguns jovens que tinham recebido uma boa educação se corrompiam quando deixavam o colégio. Desejava achar um caminho para dominar a tentação e o pecado, uma vereda para uma vida santa e justa. Embora jovem, a incerteza do que me aconteceria depois da morte me atormentava.

Não podia aceitar o budismo, porque essa religião só falava do porvir e não tem resposta para o presente. Tampouco o confucionismo me servia, pois só trata do presente e não oferece esperança alguma. Por isso rejeitava tais doutrinas. De igual modo não queria acreditar no cristianismo, pois me parecia uma religião ocidental alheia à cultura chinesa.

Em Seu amor, Deus Se aproximou de mim. Não posso explicar direito como aconteceu. Certa noite estava sozinho em meu quarto. De repente Deus Se revelou ao meu coração e depositei a minha fé nEle. Me ajoelhei e confessei meus pecados: nessa noite recebi o Senhor Jesus em minha vida. Quando levantei, tudo havia mudado para mim, estava transbordando de felicidade.

A vida se tornou difícil: por causa da minha fé fui preso e exilado, porém posso testificar que Deus é fiel. “Quem nos separará do amor de Cristo?” (Romanos 8:35).

(Extraído)



Quero aproveitar esse momento para lhe fazer um convite especial, estar conosco, no próximo domingo, na Igreja Metodista em Cascadura, na Avenida Ernani Cardoso, 115, em frente ao novo Fórum de Madureira.

Aquele chinês um dia teve um encontro com Deus, e sem dúvida aquele foi um dia inesquecível. Esse é o convite e o desafio que faço à você, a ter também um dia inesquecível.

Deus te abençoe! Aguardo por você lá.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O Maior Milagre de Jesus.

"Na verdade, fez Jesus diante dos seus discípulos muitos outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome." (João 20:30-31)

"Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relacionadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos." (João 21:25)

Jesus veio ao mundo para salvar o mundo, e não para que o mundo fosse condenado por ele, isso é bíblico. Ele veio para os que estão doentes e não para os que estão saudáveis, digo isso, em relação à saúde espirítual e não somente à física.

Durante o tempo em que esteve em forma de homem aqui na Terra, Jesus fez inúmeros milagres. Paralíticos voltaram a andar, cegos voltaram a enxergar, leprosos ficavam como crianças. Porém o apóstolo João fala que estes milagres foram citados para que você pudesse crer na divindade, existência e poder de Jesus. João ainda fala que tantos foram os milagres, que não caberiam em todo o mundo.

Mas o maior milagre de todos Ele ainda quer fazer na tua vida. Quantas vezes você já se viu em situações onde só um milagre poderia te ajudar. São tantos desafios em sua vida, tantas lutas, tantas barreiras a serem ultrapassadas, e você olha para si, e não vê forças para continuar. Mas Jesus pode fazer o impossível se tornar real na sua vida.

Quando você está com Deus, Ele deixa você caminhar com suas forças até onde você consegue, e quando não dá mais, Ele te carrega no colo. Jesus é o único que pode fazer o verdadeiro milagre na sua vida. Ele é o único que te conhece tanto quanto você mesmo.

Jesus já morreu por você, deixe esse milagre se concretizar na sua vida. Aceite Jesus como seu único e suficiente salvador, creia que Ele ressucitou dentre os mortos, e você encontrará o maior milagre dEle pela sua vida, a Salvação.

Que Deus faça infinitos milagres na sua vida, pois Ele é a sua "única" solução.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

MODELO DE ORAÇÃO

Leia > Mateus 6:5-15.
“Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o teu nome;” (v.9)

Na oração do Pai Nosso, deixada por Jesus, temos as diretrizes fundamentais para a oração; é por isso que chamamos de oração modelo. Ele disse “Portanto, orai vós deste modo”. Aí temos: A quem orar? Ao Deus que estás nos céus, não a um outro ser qualquer.

Qual o tratamento que devemos usar? Pai; no dizer de Paulo, Aba, Pai; o mesmo que Papai, ou Papai do céu, como dizem as crianças.

Como nos aproximar de Deus? Humildade, reconhecendo a sua santidade absoluta e sua soberania, no céu e na terra. Paulo nos exorta a orarmos “...levantando mãos santas...”(1 Tm 2.8)

Dirigindo-nos assim ao Senhor, submissos à sua vontade, estaremos aptos a colocar diante dele os nossos pedidos e ele, como falou Jesus, “dará boas coisas aos que lha pedirem” (MT 7:11). Saibamos esperar com paciência no Senhor.

Reflexão – Ao orar, me submeto à vontade de Deus ou quero que Deus se submeta à minha vontade?

(Extraído)

Muitas vezes pedimos coisas a Deus, como se nós mandássemos e Ele tivesse que obeceder, e lógicamente não é assim que funciona. Quando você fala com Deus, precisa ser humilde. Onde já se viu alguém mandar em um rei? Você manda no seu chefe de trabalho? Na escola ou faculdade é você quem decide o que o professor dará na aula, ou como ele deve ensinar? Se você sabe se colocar em seu lugar perto de outras pessoas que tem cargos acima de você, quanto mais em relação a Deus, que é o Rei dos reis.

Aprenda a ter humildade diante de Deus, coração sincero. Aprenda principalmente a ouvir a Deus, do que apenas quer que Ele te ouça. Até porque, tudo o que você falar Ele já sabe, mas e você, sabe o que Ele tem para falar contigo?

Outra parte importante do texto a qual quero destacar para finalizar é: "Seja feita a Tua vontade"(v.10). Que você possa entender que a vontade de Deus para sua vida é sempre a melhor, e mesmo que você não entenda hoje, amanhã você irá entender a forma como Deus age.

Deixe a vontade do Pai sobressair na sua vida e Ele certamente lhe abençoará.

Quero aproveitar e também lhe convidar a estar conosco, neste próximo domingo (27/9), na Igreja Metodista em Cascadura, onde o endereço se encontra no rodapé desta página. Você poderá vir pela manhã, às 10:30h, ou à noite, às 18:00h. Você será muito bem-vindo(a) por nós.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Pedro (Parte 1)

Queridos irmãos,

Gostaria de compartilhar um texto que eu gosto muito, pois acho que a vida inteira de um cristão, do início ao fim, se resume a este capítulo. Vou dividir pra este post não ficar muito grande.

O texto é 1 Pedro 2. 1-3

Primeiro passo: Se arrepender de todo pecado. Consiste em você se livrar do sentimento de maldade, inveja e hipocrisia. Se livrar significa se arrepender e pedir perdão a Deus, pois em Isaías 43. 25 diz que Deus, quando vê que estamos sendo sinceros ao pedir perdão, lança nossos pecados no mar do esquecimento.

Se arrependeu e pediu perdão?
Então vá para o segundo passo.

Segundo passo: Aprenda sobre Deus. Você vai entender o plano de Deus para a humanidade (e isso inclui você). Estudando, você vai começar a entender porque você deve aceitar o fato de Jesus ter morrido para nos salvar. Leia o post do dia 24.08.2009 e entenda um pouco sobre a morte de Jesus. O leite espiritual é a Bíblia, a Palavra de Deus. É este alimento que te fará crescer espiritualmente. Você pode se alimentar indo à igreja, conversando com pessoas que conhecem a Jesus, ou até mesmo visitando este blog diariamente.

Já estou fazendo isso. E agora?
Agora vá para o terceiro passo.

Terceiro passo: Saber que o Senhor é bondoso. Queridos... Nem tenho palavras pra dizer como é bom chegar a esta fase. Se você não tem ainda esta experiência, continue buscando, se alimentando, pois quando você sentir que Deus é bom, não vai mais querer outra coisa.

Não quero deixar este post muito grande, então vou te convidar a dar o primeiro passo no dia 27.09.2009.

Convido a todos para um evento especial na Igreja Metodista em Cascadura, às 18h. Será um evento com teatro, dança, música e uma recepção VIP para você, convidado. Procure um de nós do blog (Bruno Giorno, Diogo Luiz e Gabriel Rodrigues) se você sentir vontade de ir e não conhecer alguém da igreja, ou mande-nos um e-mail para mais informações. O endereço da Igreja Metodista em Cascadura está no final da página.

Espero vocês lá!

Um forte abraço,

domingo, 20 de setembro de 2009

O SIGNIFICADO DOS SACRIFÍCIOS

Mas este [Cristo], havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado para sempre à destra de Deus. (Hebreus 10:12).

Todos os sacrifícios ordenados por Deus no Antigo Testamento são uma figura do sacrifício do Senhor Jesus na cruz. É impossível representar com um só exemplo os diferentes aspectos de um tão insuperável sacrifício. Por isso, no antigo pacto, Deus exigia vários tipos de sacrifícios. Os principais do culto levítico eram:

O holocausto (Levítico 1): mostra-nos quão inteiramente o Senhor Jesus Se entregou a Deus. Foi obediente até a morte de cruz, onde Se ofereceu pelo “Espírito eterno” como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus (Hebreus 9:14; Efésios 5:2).

A oferta de manjares ou oblação: mostra-nos o que Cristo foi para Seu Pai em Sua vida, transcorrida para a plena satisfação de Deus. A “flor de farinha” (Levítico 2:1) representa a perfeita humanidade do Senhor, o único Ser em quem Deus podia Se alegrar sempre.

A oferta de paz (Levítico 3): fala-nos da comunhão como resultado da obra de salvação do Senhor Jesus. Ele fez “a paz pelo sangue da sua cruz” (Colossenses 1:20). Agora o que crê está reconciliado e tem paz com Deus. Além disso, a morte do Senhor também é o fundamento para que os que crêem possam ter paz entre si.

As ofertas pelo pecado (Levítico 4:1; 6:7): continuamente nos lembram de que o Senhor Jesus teve de morrer por nossos pecados. Mas também nos lembram de que Ele fez o que nenhum outro jamais conseguiu: “Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire pecados” (Hebreus 10:4), mas a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, nos livrou da lei do pecado e da morte e agora o pecado já não tem domínio sobre nós (Romanos 8:2 e 6:14).

Extraído do devocional "Boa Semente" - literatura@terra.com.br

O propósito do sacrifício de Jesus foi justamente lhe dar a salvação, tendo você apenas que crer nisso e confessar Ele como seu Senhor e Salvador. Hoje não precisamos mais fazer sacrifícios ou oferendas a Deus, basta apenas que aceitemos o Seu Filho em nossas vidas. Que você possa aceitar esse Deus maravilhoso em sua vida, e experimentar coisas que você nunca viu nem sentiu antes.

Deus te abençoe!

sábado, 19 de setembro de 2009

UMA VIDA DE ORAÇÃO

Leia > Gênesis 24.58-67; 25.19-23.
“Ora, Isaque orou insistentemente ao Senhor por sua mulher, porquanto ela era estéril; e o Senhor ouviu as suas orações, e Rebeca, sua mulher, concebeu.” (v.21).

Isaque tinha vida de oração mesmo antes de se casar. Diz a Bíblia que “Isaque saíra a orar no campo sobre a tarde.” (24.63a). Isto já devia ser um costume na casa de Abraão, pois, até o mordomo Eliezer, encarregado da missão de buscar uma esposa para Isaque, soube executá-la muito bem. Ele orou a Deus pedindo:

1º) Que a moça a quem ele pedisse água a beber, oferecesse também água aos seus camelos.

2º) Que a mesma moça fosse parente de Abraão.

3º) Que ela concordasse em ir com ele para se casar com o filho do seu senhor.

As três coisas aconteceram da maneira como foram pedidas. E Eliezer adorou o Senhor. Realizado o casamento, Isaque teve que enfrentar outro desafio: orar insistentemente ao Senhor pela esterilidade de Rebeca. Deus queria que Rebeca tivesse filhos, para dar continuidade ao plano de formar um povo da descendência de Abraão. Isaque sabia que estava orando conforme a vontade do Senhor e oro com insistência.

Uma pessoa de oração, certamente será também um intercessor. Se assim formos, seremos especiais para Deus e o Espírito Santo nos orienta até quando devemos instar com ele.

Reflexão – Deus ‘busca’ intercessores. Você está disponível para ser um deles?

(Extraído)

Queridos, em I Tessalonicensses 5:17 a Bíblia diz: “Orai sem cessar.”

Que você possa aprender a ter uma comunhão especial com Deus. Que você possa aprender a ter uma intimidade verdadeira com Deus, e assim poder ver o Verdadeiro e Único Deus fazer milagres sobrenaturais na tua vida.

Fale com Deus todos os dias, pois todos os dias Ele espera ouvir a sua voz. E esse é o caminho para você também ouvir a voz do Senhor.

Tenha uma vida de oração. Deus te abençoe!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

OS PRIMEIROS MOMENTOS DE ORAÇÃO

Quero pedir perdão pelos dias sem postagem, os afazeres da vida têm nos tomado muito tempo. Pedimos que os irmãos orem por nossas vidas também, para que possamos administrar bem nosso tempo. Vamos ao texto de hoje!

Leia > Gênesis 4:8-26
“A Sete também nasceu um filho, a quem pôs o nome de Enos. Foi nesse tempo que os homens começaram a invocar o nome do Senhor.” (v.26).


Caim não deu crédito às apalavras de Deus, mas deu vazão ao seu egoísmo. Abel seria uma constante ameaça para ele. O jeito foi eliminá-lo! Quando Deus questionou Caim, perguntando por seu irmão, ele cometeu outro pecado, a mentira (v.9). E o Senhor o expulsou de sua face.

Depois de Caim e Abel, Adão e Eva continuaram a gerar filhos e filhas, mas só quando Adão estava com 130 anos, foi que gerou Sete. Mas porque só com Sete é que buscaram a Deus em oração? Sete substituiu Abel, o filho temente a Deus. Por isso, a partir de Sete vem a nova linha genealógica: Sete gerou Enos. E, com Noé, seu descendente, vemos a continuidade da raça humana. O nome Enos significa “fraco ou mortal”, e traduz bem a situação do povo daquela época. Assim, os homens entenderam que só buscando a Deus encontrariam a solução para seus problemas.

Só através da oração e leitura da palavra de Deus é que podemos encontrar a paz que almejamos, não só nas nossas vidas, mas principalmente, em relação às nossas famílias e ao nosso país.

Reflexão – Busquemos ao Senhor enquanto está perto, enquanto podemos achá-lo.

(Extraído)

Que você possa ter momentos de oração com Deus. Que você possa falar com Ele, conversar com o Pai como seu melhor amigo. Não estou falando de Maomé, Buda, Maria nem algum outro santo, muito menos de simpatias, figas, ou coisas parecidas, mas estou falando de se achegar ao Único que morreu por você, porém ao terceiro dia ressuscitou dentre os mortos e que vive e reina, o Único que é Digno de toda honra e toda glória. Todos morrem e até hoje estão no túmulo aguardando o dia do juízo, mas Jesus foi o Único que ressuscitou para te dar vida, e vida em abundância.

Se você nunca teve uma experiência de falar com Deus, faça isso, fale com Deus. Ou se você há muito tempo não fala mais com o Pai, pensa que os acontecimentos da vida te impedem de voltar a Ele, eu te digo, que nada poderá te separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Deus te abençoe com várias doses da presença dEle sobre sua vida.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

O INTERESSE DO CRIADOR PELA CRIATURA

Gênesis 3.9-19 - "Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás?" (v.9)

A primeira palavra de Deus ao homem decaído foi uma pergunta. Deus não chegou condenando a Adão. Ele chegou tranquilo como de costume e perguntou: "Adão, onde estás?" Na verdade, Deus já sabia o que havia acontecido e onde ambos estavam. Ele queria que o próprio Adão visse a sua condição: nu e fugitivo. Com isso, Deus dava uma oportunidade de pensarem e repensarem na sua nova condição de homem decaído - pecador. Eles já haviam traçado seus próprios destinos. Deus não os arrastou para fora do Jardim do Éden, mas os estava atraindo para Si, para poder ajudá-los.

Deus continua fazendo o mesmo hoje e seria muito bom se as nossas igrejas tivessem esse mesmo procedimento em relação aos membros que estão 'afastados'. Que procurássemos exercer o amor de Deus, e com brandura pudéssemos atraí-los, mostrando o nosso amor por eles. Agindo assim, teremos igrejas mais fortes e resistentes às astutas ciladas do malígno.

Reflexão - Senhor, dá-nos o mesmo interesse que tens pelas vidas daqueles que desobedecem e se afastam de Ti.

(Extraído)

Nós como igreja, nós que conhecemos e estamos vivendo o plano de Deus para nossas vidas, temos o dever de levar as boas novas da salvação não só àqueles que ainda não conhecem a Deus verdadeiramente, mas também àqueles que um dia já estiveram conosco, ao nosso lado, louvando à Deus, mas que caíram e hoje caminham por suas próprias forças. Devemos ir atrás destes e trazê-los para Cristo. Esse é o principal objetivo do Uma Dose Por Dia!

Por isso, quero dizer para você que foi criado a semelhança de Deus, gerado pelo Pai, experimentou as boas sementes, mas que um dia se deixou levar por más línguas, experimentou uma semente que não devia, e se afastou de Deus, da comunhão da igreja, Deus te pergunta: Onde você está?

Deus quer você de volta. Nunca foi da vontade do Senhor você ter saído da presença dEle, mas mesmo assim, Ele vai atrás de você, Ele está indo até você por meio desse Blog e tantas outras formas, e você sabe. Ouça o Senhor te chamando de volta. Te chamando de filho amado. Deus está te buscando, Ele te quer de volta. Volte para o Senhor!

Assista o vídeo!

Que você possa estar voltando ao Seu Pai. Deus te abençoe FILHO AMADO!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Novidades

Boa tarde galera,

Tenho sido um pouco questionador ultimamente. Hoje vou questionar mais um pouco. (risos)

Acho engraçado a filosofia de algumas igrejas. Igrejas tão preocupadas com a quantidade de pessoas que fazem campanha de evangelização, colocam dança, teatro, música, levam artistas, fazem congressos, enfim, fazem mil coisas pra atrair pessoas, mas é puramente estratégia pra simplesmente levar pessoas à igreja, gerando cristãos sem o menor compromisso com Deus.

Tenho sentido muita afeição por uma igreja que sofre preconceitos e um dia desses estava até debatendo com um amigo meu sobre ela. Debatíamos sobre night gospel e ele me perguntou: O jovem que vai a uma night gospel é atraído pelo amor de Deus ou pelo momento que ele está vivendo ali? E eu concordei que este jovem será atraído pelo momento. Quando debatíamos sobre a igreja (que realiza alguns shows e eventos de esportes radicais, oferecendo também alguns cursos de artes marciais, enfim...) ele argumentou que a igreja atraía jovens pelos eventos que ela realizava. Realmente, a igreja é voltada para o público jovem, mas tenho vivido algo mais através desta igreja. Tenho sentido o amor de Deus através dela de uma forma que eu não sinto na minha igreja. A minha igreja é muito legal, tem teatro, dança, traz artistas, faz congressos, etc, mas ela me atrai por essas coisas. A outra me atrai pela forma como o amor de Deus é mostrado. Não é puramente evangelístico. Eles têm passado amor de Deus. O que eles passam extrapola os limites dos métodos e estratégias de evangelismo. É puramente paixão por um Deus maravilhoso.

O que eu quero dizer com isso é que se experimentássemos verdadeiramente o amor de Deus e vivêssemos isso, e entendêssemos Deus como ele é, seria muito mais fácil falarmos, porque conhecemos, do que simplesmente usarmos técnicas de evangelismo e argumentação para tentar convencer as pessoas a irem para a igreja. Não adianta conhecermos todas as religiões, todas as situações, aprendermos a falar, a nos comportar e a achar textos na bíblia que contrapõe os argumentos dos outros, se não conhecermos a Deus. O que fará você dar frutos não são as suas palavras, não é o texto da bíblia que diz que tal coisa é certa e tal outra é errada, não é a sua influência, argumentação e capacidade de convencimento. É o amor de Deus.

Experimente verdadeiramente o amor de Deus.

Um forte abraço.

domingo, 13 de setembro de 2009

As mãos do Senhor Jesus

Então, a coorte, e o tribuno, e os servos dos judeus prenderam a Jesus, e o manietaram
(João 18:12).


Ao sair do jardim do Getsêmani, o Senhor adiantou-Se às pessoas enviadas pelos sacerdotes. Eles O prenderam a amarraram Suas mãos que tanto bem fizeram, as quais inclusive haviam acabado de curar a orelha de um de Seus captores. Com elas, protegeu os Seus discípulos, dizendo: “Já vos disse que sou eu; se, pois, me buscais a mim, deixai ir estes” (João 18:8). Voluntariamente Se deixou atar, embora soubesse que as cordas e os cravos de Seus inimigos pouco depois serviriam para cravá-lO na cruz romana: “Traspassaram-me as mãos e os pés”, disse profeticamente no Salmo 22:16.

Desde esse memorável dia, as marcas nas mãos de nosso Salvador são o infalível sinal de que Ele é. Quão felizes foram os discípulos quando na noite daquele primeiro dia Ele Se apresentou e os saudou: “Paz seja convosco!” Então lhes mostrou Suas marcas nas mãos e no lado. Com isso toda a dúvida se dissipou e reconheceram que era o Senhor ressurreto (João 20:19-20).

Os sinais também convenceram o incrédulo Tomé quando o Senhor o encontrou oito dias mais tarde (vv. 26-27).

As feridas nas mãos do Senhor são mais que um sinal de identificação. Elas sempre nos recordarão de Seu grande amor, atributo que O levou a suportar as indescritíveis dores da cruz. Foi o preço que Ele pagou para nos salvar. “Que deus há nos céus e na terra, que possa fazer segundo as tuas obras e segundo a tua fortaleza?” (Deuteronômio 3:24).

Extraído do devocional "Boa Semente" - literatura@terra.com.br

sábado, 12 de setembro de 2009

Um Deus que PERDOA.

Deus perdoador, clemente e misericordioso, tardio em irar-te, e grande em beneficência (Neemias 9:17).

Certo jovem fez a seguinte pergunta para um cristão idoso e experiente: “Por que você considera que o cristianismo tem a verdade absoluta? Eu creio que Deus não está tão preocupado com a forma pela qual os muçulmanos, os budistas ou cristãos O honram.” O ancião ouviu pacientemente e depois respondeu: “O profeta Miquéias respondeu sua pergunta há cerca de três mil anos. Ele disse: ‘Quem, ó Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade e que te esqueces da rebelião do restante da tua herança? O Senhor… lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar’ (Miquéias 7:18-19). Jovem, apenas na Bíblia o perdão dos pecados é pregado. Lá, ela afirma que o Senhor Jesus Cristo nos amou e purificou nossos pecados no Seu próprio sangue. Se você não precisa que seus pecados sejam perdoados, então se torne um muçulmano. Por outro lado, eu lhe digo que...” O senhor não pôde completar a frase porque, de repente, o jovem se levantou e foi embora apressado.

Ninguém deveria tratar uma questão tão importante com leviandade nem desdém. Não fuja! Comece falando com o Senhor Jesus em oração! Ele irá ouvir você. Traga e confesse seus pecados diante dEle. Você será perdoado e receberá a vida eterna. Não há como descrever a experiência de se ter recebido a misericórdia de Deus!

“Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse e, ao terceiro dia, ressuscitasse dos mortos; e, em seu nome, se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações” (Lucas 24:46-47).

Extraído do devocional "Boa Semente" - literatura@terra.com.br

Já ouvi pessoas me dizerem: Para que pedir perdão a Deus, se depois você vai pecar de novo? A bíblia fala que todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus! Como já disse outras vezes, a luta contra o pecado deve ser constante, porém meus queridos eu também faço uma pergunta: Quantas vezes você peca por dia? Agora pense, se Deus não te perdoasse por ser muito pecador? Se Deus olhasse para você e dissesse: Você erra demais, já te perdoei ontem, não vou perdoar hoje não.?

Queridos, glória a Deus pela misericória dEle ser infinita, porque sem ela nós seriamos consumidos. Se você acha que Deus não te perdoa. Se você acha que não tem mais solução. Se você acha que Deus não olha mais para você. Você está completamente enganado. Só o Senhor pode te perdoar, só Ele faz isso, e se você ainda não foi consumido, se mesmo depois de tantos erros, talvez uns graves, talvez outros nem tantos, mas depois de tantas coisas, você ainda está aí, vivo, com saúde, é por causa de uma coisa, pela misericórdia de Deus!

Deus te perdoa sempre e quer que você se volte para Ele e tenha uma vida nos caminhos dEle.

Deus derrame infinitas doses do Seu perdão sbre sua vida!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Ask Why (Pergunte o porque)

Why em inglês significa "Por que" e Ask Why era o slogan de uma companhia que faliu há alguns anos por causa de corrupção, enfim... Na verdade isso tem nada a ver com o que eu vou postar. Só queria mesmo brincar com as palavras. (risos)

Quero falar sobre motivação.

Pergunte-se:

- Por que eu vou à igreja?

ou Por que ainda não experimentei conhecer a Jesus?

ou Por que eu não volto a frequentar a igreja?

Será que você consegue responder?
Sua vida tem feito sentido pra você?

Pergunte o porque e descubra.

Eu costumava ir à igreja pra ver meus amigos. Comecei a faltar a Escola dominical, depois comecei a faltar alguns cultos, daí passei a ir apenas a eventos na igreja e quando dei por mim, nem isso eu fazia mais. O convívio com a galera é muito legal, mas igreja não é só isso. Amizades na igreja são importantes e produtivas, mas não é isso que te mantém nos caminhos do Senhor. O que o faz é a sua disposição em seguir a Cristo e sua busca por Ele.

Dê sentido à sua vida e busque a Cristo.

Um forte abraço.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Você tem corrido para Cristo ou deixado a vida te levar?

“No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu que a pedra estava revolvida. Então, correu e foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Tiraram do sepulcro o Senhor, e não sabemos onde o puseram. Saiu, pois, Pedro e o outro discípulo e foram ao sepulcro. Ambos corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro;” (João 20:1-4)

Essa passagem da bíblia fala da ressurreição de Jesus e os primeiros momentos em que os seus discípulos ficaram sabendo do sumiço de seu corpo. Primeiro foi Maria Madalena, que chegando ao túmulo, não viu o corpo de Jesus e foi correndo contar para Pedro e João, que é o discípulo amado. Mas o que me chamou a atenção nesse texto, não foi apenas a ressurreição de Jesus. Algo mais me chamou a atenção.

A bíblia diz que quando Pedro e João (o discípulo amado) ficaram sabendo, por intermédio de Maria Madalena, do sumiço do corpo de Jesus, saíram correndo para ver o que tinha acontecido. A bíblia deixa claro que até aquele momento eles ainda não tinham compreendido que era necessário Jesus ressuscitar dentre os mortos, por isso, naquela hora, essa possibilidade nem se passou por suas cabeças.

Certamente quando Maria falou do sumiço, eles ficaram atordoados, desesperados querendo saber o que havia acontecido com o corpo de Jesus. No versículo 13, a bíblia diz que Maria chorava, pois haviam levado o corpo de Jesus e ela não sabia onde o haviam posto. Então, quando ouviram aquilo de Maria, os dois saíram correndo até o túmulo, porém a bíblia fala que João, que era o discípulo amado de Jesus, correu mais depressa do que Pedro, e chegou primeiro.

E foi esse pedacinho que me chamou mais a atenção. Os dois corriam juntos lado a lado, porém em certo momento João disparou, correu mais, e chegou primeiro. Talvez João fosse mais magrinho que Pedro. Poderia ter um preparo físico melhor. Creio eu que João era mais novo que Pedro. Talvez Pedro tivesse começado a cansar no meio do caminho. Mas João correu com toda sua força até o fim e chegou primeiro.

E você, tem ido ao encontro de Cristo? Tem corrido para Ele, ou está apenas caminhando, deixando a vida te levar? Como está seu coração em relação a Jesus, em querer saber de Jesus, em querer ver Jesus? Será que você está mais parecido com Pedro, que ficou para trás, e só chegou depois, ou você tem se parecido mais com João, que era amado por Jesus, e chegou primeiro ao local? Como está sua vontade de correr para Jesus? Você tem tido forças para correr o seu máximo? Você tem corrido o máximo? Você tem procurado chegar primeiro?

Naquele momento os discípulos correram ao encontro de Jesus, com o pensamento de que Ele estava morto. Hoje nós sabemos que Jesus ressuscitou, e vive para te dar vitória. Essa é a hora de correr para os braços do Pai. Chega de ficar parado. Corra o máximo que você puder. Seja o primeiro a chegar à presença do Senhor. Mesmo que o cansaço bata em você, mesmo que venha, muitas das vezes, o desânimo, o Senhor é fiel e mais do que suficiente para te sustentar em qualquer situação.

Não desanime, não fique para trás. Seja o primeiro. Corra com toda a sua vontade. Esteja mais próximo de Jesus, o quanto antes, e você será mais do que vencedor, você será mais que amado por Jesus.

Que Deus derrame Uma Dose do Seu amor sobre sua vida.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Parábola da ovelha perdida

Lucas 15: 1-7

1 Aproximavam-se de Jesus todos os publicanos e pecadores para o ouvir.
2 E murmuravam os fariseus e os escribas, dizendo: Este recebe pecadores e come com eles.
3 Então, lhes propôs Jesus esta parábola:
4 Qual, dentre vós, é o homem que, possuindo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e vai em busca da que se perdeu, até encontrá-la?
5 Achando-a, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo.
6 E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.
7 Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

Quando eu li essa parábola eu me lembrei de uma situação que aconteceu comigo e comecei a refletir nisto ..
Na minha casa eu tenho 5 gatos e aconteceu que uma vez 1 sumiu, ele foi pra rua, eu ouvi barulho de briga e ele não voltou aquela noite. No dia seguinte depois que eu cheguei em casa percebi que ele não estava. Foi aí que comecei a me preocupar e saí na rua procurando ele. Procurei em tudo quanto era lugar, perguntei para os vizinhos e nada. Já estava muito chateado porque ele havia sumido, e voltando pra casa resolvi olhar debaixo de um carro, mas sem esperança. Foi ali que eu o achei, eu chamei pelo nome, ele ouviu minha voz e veio correndo. Eu cheguei em casa muito feliz, com certeza mais feliz por que achei um do que por outros 4 que já estavam lá.
E olha como Deus faz. Depois de anos, eu estava lendo essa parábola me lembrei dessa situação 1 dia antes de postar no blog.
Então, comecei a imaginar, como será que nosso Pai se sente quando um filho se arrepende e retorna ao seus braços. Ele se alegra muito mais por você que é encontrado do que por muitos outros que já estavam.
Reflitam nisto também .. abcs ..

7 Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

A vida por um momento

Bom dia, galera.

Sei que eu estava fazendo uma seqüência sobre Daniel, mas ontem li uma história que me deixou pensativo e quero dividir com vocês, pois acontece isso com muitos jovens, inclusive comigo.

O texto é Gênesis 25. 27-34.

Nesse texto, Esaú troca todos os seus direitos como primogênito por um prato de lentilhas. Naquela época, o primogênito tinha uma bênção especial e o caçula costumava ser o mais rejeitado dos filhos (Lembra-se de Davi, em I Samuel 16.1-13, onde o pai de Davi quase se esqueceu de que ele existia?). Ser primogênito era uma dádiva incomparável e Esaú abriu mão disso para saciar sua fome. Trocou seu maior bem para saciar um desejo momentâneo. Logo Esaú sentiria fome novamente, mas não teria mais sua primogenitura preservada.

Nos nossos tempos, muitos jovens também têm aberto mão dos seus direitos por pratos de lentilhas. Temos - e digo na segunda pessoa do plural por que me incluo nessa palavra – trocado nossos direitos como Filhos de Deus por prazeres momentâneos. Trocamos a vida eterna por uma baladinha, uma noite, uma transa, um show, um barzinho com os amigos, enfim... Trocamos nosso maior bem, que é a vida que Deus tem pra nós, para saciarmos desejos momentâneos...

Ontem conversei com uma colega que há tempos não encontrava. Ela me contou que ela e o namorado dela terminaram depois de uns dois anos de namoro. Quando perguntei a ela o motivo, ela me disse (como eu já suspeitava) que o problema do “fulano” é que ele troca um cinema com ela por uma baladinha qualquer. Galera, quando o cara caiu em si, percebeu que trocou uma garota fantástica por baladinhas. A noite acabou e ele continuou sem a namorada dele... A lentilha de Esaú acabou e ele continuou sem os direitos da primogenitura. Irmão, algumas de nossas escolhas não têm volta. Abrimos constantemente mão da vida eterna por coisas que logo acabam. Tentamos argumentar dizendo que a vida é muito curta e que temos mais é que aproveitar. Queridos, se a vida é curta, é momentânea. Nossa herança como filhos de Deus é a vida eterna. Devemos preservar esse direito!

Nossa vida aqui na Terra é só um momento e não vale a pena abrir mão da vida eterna para saciar nossas fomes.

Não troque sua herança da vida eterna por prazeres de uma vida momentânea.

Faça a escolha certa.

Um forte abraço.

domingo, 6 de setembro de 2009

Não há vitória sem luta.

Certo tempo, existia uma menina que era muito especial para Deus e tinha uma enorme comunhão e cumplicidade com Ele. O Pai era em Quem ela mais confiava e sabia que podia contar. Porém muitos acontecimentos e problemas que são naturais de enfrentarmos em nossas vidas, afinal não há vitória sem luta, apareceram na vida desta menina também.

Porém, por ser ainda uma menina, ela era muito inexperiente, e tentou vencer os problemas por sua própria força, esquecendo o quanto era pequena e frágil. Ela por um instante se esqueçeu de Seu Pai, e sozinha, começou a ficar desiludida, pois não conseguia vencer seus problemas. Com isso essa menina foi se esfriando, foi enfraquecendo e se distanciando do seu Pai.

Numa noite ela teve um sonho. Sonhava que Jesus estava voltando, que aquele dia tão esperado chegara, porém, ela se sentiu muito estranha, porque ela na realidade não conhecia Jesus, ela não sabia quem Ele era, não conseguia reconhecê-lo mais. E Jesus foi separando pessoa por pessoa, do lado direito ficavam os que iam subir com Ele, e do esquerdo os que iam ficar. E chegando na vez dela, Jesus disse: EU NÃO TE CONHEÇO!!! E essa menina ficou.

Acordando do sonho ela se sentia muito mal, mas sabia que era exatamente Deus quem lhe havia dado aquele sonho, para mostrar a ela o quanto Ele ainda a amava, para fazer ela se lembrar do quanto Ele ainda se importava com ela, para mostrar a ela que o tempo perdido podia ser recuperado, e ai ela começou a perceber que mesmo quando ela não via, o seu Pai estava sempre ao seu lado esperando apenas ela voltar.

Então. Jesus voltará! Hoje ou amanhã? Não sei. Mas quando voltar, de qual lado você estará? Do direito ou do esquerdo? Não sei quanto à você, mas eu estou pronto para me encontrar com Aquele que tem O Nome, o Pai que sempre está comigo, Jesus.

As vezes por sermos imaturos na fé, as vezes por não compreendermos muitas coisas, acabamos nos desiludindo com Deus, com a igreja, com os irmãos e amigos. Mas Jesus já venceu o mundo por nós. Não podemos deixar os problemas nos abater. Precisamos seguir firmes. Mas se vier a cair, saiba que Deus jamais te abandonou e jamais te abandonará. Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Ele só espera você voltar. Se você está neste momento afastado, desiludido, corra para os braços do Pai. Ele está de braços abertos lhe esperando.

Que Deus possa abençoar muito você e sua vida. E jamais se esqueça, Ele é o seu Pai e está sempre ao seu lado, inclusive neste exato momento em que você está lendo essa mensagem.

"... No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo." (João 16:33b)

(Este texto foi baseado em uma experiência real).

Deus te abençoe!!!

sábado, 5 de setembro de 2009

Parábola da figueira

Para reflexão ...

Lucas 13:6-9
Então Jesus contou esta parábola: - Certo homem tinha uma figueira na sua plantação de uvas. E, quando foi procurar figos, não encontrou nenhum.
Aí disse ao homem que tomava conta da plantação: "Olhe! Já faz três anos seguidos que venho buscar figos nesta figueira e não encontro nenhum. Corte esta figueira! Por que deixá-la continuar tirando a força da terra sem produzir nada?"

Mas o empregado respondeu: "Patrão, deixe a figueira ficar mais este ano. Eu vou afofar a terra em volta dela e pôr bastante adubo.

Se no ano que vem ela der figos, muito bem. Se não der, então mande cortá-la."


Da mesma maneira que o dono da plantação esperava encontrar fruto em sua figueira, Deus esperava arrependimento e fé por parte do povo judeu, que não estava dando fruto. O Filho de Deus, como um bom e cuidadoso cultivador, pede ao Senhor que espere, enquanto ele tenta mais uma vez que a figueira frutifique - o povo judeu.

A parábola da figueira fala de todas as pessoas que creêm em Jesus, mas não abandonam o pecado. Embora Deus dê a todos ampla oportunidade de se arrepender, Ele não tolerará para sempre o pecado. O tempo virá quando a graça e a misericórdia de Deus serão removidas e os que permanecem em pecado serão castigados sem misericórdia.

Esta parábola descreve a compaixão do Filho de Deus ao povo judeu e sua vontade em salvar este povo das desgraças que os esperavam.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Pelo fogo

Bom dia galera,

hoje vou continuar o livro de Daniel. O texto é Daniel 3.

Certa vez, Nabucodonosor (rei da Babilônia, como já vimos) construiu uma estátua enorme e a colocou numa praça central (Quase como aquela estátua de Saddam Hussen) para que, ao soar de uma buzina, o povo se prostrasse e adorasse aquela estátua. Se não o fizessem, seriam lançados em um forno aceso.Três pessoas se recusaram a adorar a tal estátua, arriscando suas vidas. São Sadraque (Hananias), Mesaque (Misael) e Abedenego (Azarias). O rei então mandou que os trouxessem até ele para que fossem interrogados.

Rei: "Vocês não se prostraram diante da estátua de propósito? Por acaso, não sabiam que eu disse que se não se prostrassem quando a buzina tocasse seriam jogados num forno aceso? Se eu lançar vocês no forno, que deus poderá livrar vocês das minhas mãos?"

Eles responderam: O Deus a quem servimos é poderoso pra nos livrar tanto do fogo quanto das tuas mãos.

O rei ficou indignado e mandou lançarem os caras amarrados no forno, aceso a uma temperatura sete vezes maior do que a de costume. O forno estava tão quente que os súditos que jogaram os três na fornalha morreram queimados. Então, o rei avistou quatro pessoas na fornalha. Sem entender, perguntou a um de seus súditos: "Não jogamos só três caras atados no forno? Porque eu estou vendo quatro e estão passeando pelo fogo..." Então, o rei mandou que os três saíssem da fornalha e, vendo que nada neles foi danificado, nem as roupas, nem o cabelo, nem cheiro de fogo eles tinham, o rei acreditou no que eles tinham dito antes. Entendeu que o Deus de Sadraque, Mesaque e Abedenego era poderoso para fazer com que o fogo não tivesse efeito algum sobre os filhos d'Ele e reconheceu que ninguém pode livrar como Deus.

Queridos irmãos, quando cremos em Deus, temos paz, mesmo diante das dificuldades. Aqueles três não temeram a fornalha, porque conheciam o caráter de Deus e sabiam que Deus está sempre a favor daqueles que são fiéis. Eles conheciam o poder de Deus e sabiam que Deus era poderoso o suficiente para livrá-los do fogo. Eles conheciam a Palavra de Deus e sabiam que Deus não aceita adoração a imagens/estátuas. Quando conhecemos a Deus e cremos em Seu poder, temos paz, pois sabemos o que Deus pode fazer por nós.

Um forte abraço.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Deus te livra e te cura de qualquer doença!

“Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Isaías 53:4-5)

Como a palavra de Deus é maravilhosa meus queridos. Não há nada que eu leia na bíblia que eu não goste. É apaixonante estar na presença de Deus, estar no culto, louvando, adorando, ouvir uma pregação, ou o estudo bíblico da escola dominical, até mesmo a oração e leitura em casa, que é fundamental, me traz alegria e paz tremendas.

Meditando nesses versículos supracitados de um texto muito conhecido, quero trazer algo interessante à você. Este texto trata-se do sacrifício de Jesus na cruz, onde Ele entregou sua vida em nosso lugar, pois assim, pagou com o derramamento do Seu Sangue o preço dos nossos pecados. Porém não foram apenas pecados que Ele levou sobre Si, mas também as nossas dores, as nossas doenças, as nossas enfermidades. E eu quero mostrar na prática isso para você. Vou mostrar de forma simples e clara, como viver uma vida com Deus de fato te livra de doenças.

1º - Por um dia ter conhecido a Cristo, hoje não fumo cigarro.
Logo estou livre de ter “câncer no pulmão, na boca, na garganta, no esôfago
, na laringe, nos rins, no pâncreas, no estômago e na bexiga. Não terei por conta disso, diminuição dos batimentos cardíacos, da pressão arterial e da respiração. Não corro risco de ter angina de peito, infarto do miocárdio, isquemias ou hemorragias cerebrais. Não terei uma maior probabilidade de sofrer bronquiolite crônica e enfisema. Não terei aquela tosse típica de quem fuma. Não terei por conta disso, problemas de impotência sexual. Isso no meu caso, que sou homem, pois em mulheres o cigarro pode causar problema de antecipação da menopausa, acarretando maior chance de desenvolver osteoporose, e em mulheres grávidas, gera sérios riscos para o bebê, que podem ser irreversíveis, caso ele chegue a nascer.”

2º - Por um dia ter conhecido a Cristo, hoje não ingiro bebidas alcoólicas.
Logo estou livre de ter “cirrose hepática, dependência de álcool, doenças cerebrovasculares, neoplasias de lábio, de cavidade oral, de faringe, de laringe, de esôfago e de fígado, gastrite, varizes esofagianas, pancreatites aguda crônica, diabetes mellitus, tuberculose, pneumonia e influenza, risco de coma alcoólico, Síndrome de Abstinência Alcoólica (Delirium Tremens), Síndrome de Wernicke-Korsakoff”. Isso citando apenas casos de doenças, deixando todos os outros casos que envolvem bebidas de fora.

3º - Por um dia ter conhecido a Cristo, hoje não corro o risco de experimentar e me viciar em “drogas ilícitas”.
Logo estou livre de ter “colapso circulatório e cardíaco, intoxicação do Sistema Nervoso Central, perfuração do septo nasal e queda dos dentes no caso da cocaína. Estou livre de problemas com aprendizagem, memorização, fertilidade, vermelhidão nos olhos, boca seca, taquicardia, redução da imunidade pela queda dos glóbulos brancos, sinusite crônica, faringite, constrição das vias aéreas, problemas com o equilibro e movimentos e muitos outros no caso da maconha. Estou livre de náuseas, vômitos, pupilas dilatadas, sensibilidade à luz, elevação da pressão sanguínea e da temperatura, dores em todo o corpo, insônia, crises de choro, tremores, diarréia, surdez, cegueira, delírios, depressão respiratória e cardíaca, podendo levar ao coma no caso da heroína, além de não correr o risco de pegar AIDS e outras doenças por meio da injeção intravenosa".

Acima citei apenas 3 coisas que não faço por viver uma vida com Deus, e o quanto de doenças da qual estou livre. Além desses, existem vários outros problemas que nos trazem doenças, e mesmo acerca desses, eu não citei tudo, pois senão ficaria absurdamente grande o texto.

Então em apenas 3 tópicos eu pude lhe mostrar uma visão básica do que é ter uma vida com Deus, e de tudo o que Ele me livra por ter Cristo morrido na cruz por mim, imagina se você experimentar conhecer tudo o que Deus tem para sua vida!

Por isso eu te faço um convite. Você, que conhece Deus de ouvir, mas nunca viu realmente as maravilhas que Ele pode fazer. Você que conhece tantas pessoas que um dia quiseram aceitar Jesus, e hoje têm uma vida transformada, e você não entende como isso funciona. Eu quero te dizer, Jesus morreu naquela cruz por você também, Ele levou sobre Si as nossas dores. Com tão pouco, eu lhe mostrei muito de Deus, e ainda tem infinitamente mais do que você possa pensar ou imaginar.

Esse é o meu convite e o meu desafio para você, de visitar uma igreja evangélica mais perto de sua casa. Eu não sei qual é a doença que está te matando, talvez não seja algo físico, mas seja uma doença da alma, falta de perdão, rancor, ódio. Jesus já pagou o preço pela sua vida. Aceite Ele como seu Senhor e Salvador, e a cura, a libertação e a salvação entram na sua vida e a paz de Deus guardará o teu corpo e a tua mente. Pelas pisaduras de Cristo somos sarados, é palavra bíblica. Conheça a Jesus!

Fonte de pesquisa:
http://www.colegioweb.com.br/biologia/doencas-causadas-pelo-cigarro
http://www.sonacachaca.com/males-causados-pelo-cigarro/
http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/06/423188.shtml
http://www.antidrogas.com.br/cocaina.php
http://www.antidrogas.com.br/maconha.php
http://www.antidrogas.com.br/heroina.php

Que Deus derrame uma Dose de Cura Espiritual na tua vida e na tua família!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Santo como Ele

Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. (Mateus 5:8)

Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no seu santo lugar?
O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente.
Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação. (Salmos 24:3-8)

Se não fosse possível obter uma vida santa, Deus não teria dado essa ordem. Ele diz: "Sejam santos, pois eu , o SENHOR, o Deus de vocês, sou Santo" (Levítico 19:2). Ser santo significa ser separado para Deus.
Não viramos santos por fazer coisas boas. Nós nos tornamos santos pela fé em Cristo, exatamente como somos salvos pela fé.
Pouco a pouco, enquanto crescemos e vivemos com o Senhor, ficamos cada vez mais parecidos com ele (2 Coríntios 3:18).
À medida que olhamos para Jesus, pensamos sobre Jesus, estudamos sobre Jesus, oramos a Jesus e buscamos seguir o seu exemplo, nos tornamos parecidos com Ele. Começamos a pensar e agir como Cristo e nos tornamos como Ele porque estamos reservados para Ele. Essa é a verdadeira santidade.
Se você começar a buscar a Jesus para seguir o exemplo Dele, daqui a alguns meses ou anos sua vida deverá ser bem diferente do que ela é agora. Suas motivações e desejos, à medida que você se aproxima intimamente Dele, tentem a ser continuamente mais puros.
Jesus disse: "Felizes as pessoas que tem o coração puro, pois elas verão a Deus" (Mateus 5:8). Nós podemos conseguir com êxito um grau de pureza em nossas vidas. É algo que vem de Deus quando crescemos na sua presença.
A santidade é vista em pessoas que param de se preocupar com suas próprias necessidades e ambições, a fim de poder transformar um mundo ferido, segundo a vontade do Pai.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Tempos modernos

Boa tarde galera,

Nos perdoe pelos dias nos quais não houve postagem. Tem sido complicado para nós conciliar nossos compromissos, mas Deus sabe de todas as coisas.

Nesta semana, uma história me chamou muita atenção e vou compartilhá-la com vocês. O texto é Daniel 1.

Neste texto, Daniel é selecionado para servir ao rei da Babilônia e dar-lhe assistência. Esse rei, chamado Nabucodonosor, sitiou uma tribo chamada Judá e estava selecionando pessoas para trabalharem lá. Entre eles estavam Daniel, Hananias, Misael e Azarias. Durante esta seleção, que duraria 3 anos, eles comeriam das mais finas iguarias do rei. Os melhores vinhos, as melhores carnes, e tudo o mais que o rei tinha a oferecer.

Acontece que estes alimentos eram consagrados ao deus de Nabucodonosor. Daniel, sabendo disso, não quis comer dessas iguarias e pediu ao responsável por eles para não se contaminar com a comida do rei. Este, por sua vez, alertou a Daniel, pois o rei perceberia, pelo aspecto físico de Daniel, que ele não tinha comido das iguarias do rei e isto custaria a cabeça do chefe dos eunucos. Daniel então propôs que o "recrutador" experimentasse dar a eles somente legumes e água durante dez dias e assim aconteceu. No fim dos dez dias, Daniel e seus três companheiros de grupo apresentavam-se mais saudáveis, fortes e com a aparência melhor do que os que comeram das iguarias do rei. Além disso, ao final da seleção, Daniel, Hananias, Misael e Azarias estavam mais inteligentes e sábios do que todos os outros. Para Daniel ainda teve mais: Recebeu de Deus dons de interpretar sonhos e visões.

Agora, por que esta história tem o título "Tempos modernos"?

A cada dia, nos oferecem iguarias do rei deste mundo, que podem parecer melhores, mais gostosas e suculentas, mas não nos trazem saúde. Enquanto o mundo nos oferece fast food em sua bandeja de prata, nos empurrando para a morte, Deus nos oferece um alimento que, por mais que não seja saboroso e, muitas vezes seja até amargo, este alimento traz vida. Posso até dizer algo que te surpreenda, mas este alimento traz vida ETERNA.

Irmãos, "Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4.4). O alimento que Deus nos oferece hoje é a Sua Palavra. É a bíblia. É o que nós pregamos neste blog. Este alimento nos dá um semblante melhor, nos traz saúde espiritual, nos traz virilidade, sabedoria, inteligência e, principalmente, nos traz vida. O mundo tem nos oferecido separação, intolerância e morte. O rei deste mundo tem nos oferecido suas mais finas iguarias, mas Deus quer nos trazer vida e paz.

Esta história foi escrita há, certamente, mais de 3 mil anos, mas esta história se repete, sorrateira e avassaladoramente, até hoje. Não vim contar hoje a história de Daniel. Vim contar a minha e, talvez, a sua história. É hora de dizer não às iguarias do rei e aceitar a vida que Deus quer nos oferecer. É hora de abrir mão da novela, no msn, das conversas vãs, dos amigos que nos arrastam para as baladas, enfim, de tudo aquilo que é gostoso de fazer, mas que nos traz morte.

Faça a escolha certa.

Dispense as mais finas iguarias deste mundo. Por mais que o alimento de Deus seja muitas vezes amargo, a recompensa é vida e vida eterna.

Fiquem na paz.

Um forte abraço.

(PS. Estava com saudade de postar no blog - Risos)